Você conhece a lenda de Narciso? Ela vem da mitologia grega e conta a história de um jovem tão belo, que quando viu sua imagem refletida no espelho do lago, apaixonou-se por si mesmo e permaneceu ali imóvel, até a morte.

Dramático?

Sim, dramático e real! A personalidade narcisista apaixona-se pelo “espelho” e transita ao nosso lado como “amigo”, colega de trabalho, familiar…Continue reading

DESEJANDO AMOR

Muitos problemas de comunicação ocorrem devido a forma como as pessoas expressam seu amor e também como se sentem amadas.

O amor pode ser traduzido como:

  • consideração
  •  respeito
  •  valorização

 DESEJANDO SER AMADO

Normalmente cuidamos do outro como gostaríamos de ser cuidados!

Esperamos que o outro faça por nós o que faríamos por ele, ou seja, projetamos no outro nossas próprias necessidades!

 COLOCANDO-SE NO LUGAR DO OUTRO

A questão é que, para podermos estabelecer uma boa relação com o outro, precisamos fazer o caminho inverso, nos deslocar, colocando-nos no lugar do outro, vendo suas necessidades, que muitas vezes são distintas das nossas.

O Dr. Garry Chapman trabalhando com aconselhamento de casais, identificou cinco formas de sentir e expressar os sentimentos:

  • Palavras de Afirmação
  • Qualidade de Tempo
  • Dar e Receber Presentes
  • Ações de Serviço
  • Toque Físico

Continue reading

Costumo usar este termo quando vivo algo surreal: uma experiência antropológica!

Sou extremamente urbana e apesar de adorar “mato”, minhas experiências acabam acontecendo na cidade mesmo. Desta vez, precisava escrever, então lá vai!

Como consultora, viajo o Brasil dividindo o tempo entre trabalho e andanças pela região do momento. Essa experiência aconteceu no interior do Rio Grande do Sul. Bom … o chimarrão eu continuo dispensando, mas uma olhada na lojas com os descontos de inverno, é sempre bom!

Passeando à pé pelo centro da cidade me dei conta que meu tênis não me acompanhou.

O “danado” já estava gasto!Continue reading

imagesNa adolescência acreditamos que “amor iluminado” é aquele que faz o coração bater acelerado e nos dá a sensação de sermos especiais.

Na idade adulta acreditamos que “amor iluminado” é aquele vem de alguém companheiro, com que podemos contar nas horas difíceis e vibrar nas horas de alegria.

Chegando na maturidade a melhor definição de “amor iluminado” está contida na letra de Vitor Martins e música de Ivan Lins:Continue reading

Essa foi a pergunta feita por um religioso para Jesus quando estavam a caminho de Samaria. Jesus respondeu:  “que você ame ao Senhor, o seu Deus, com toda a sua paixão, oração, músculos e inteligência e que ame seu próximo tão bem quanto ama a você mesmo”.

Em seguida  Jesus conta a parábola do bom Samaritano,  amplamente conhecida hoje em dia (o termo “bom-samaritano” é utilizado comumente como sinônimo para pessoas que prestam auxílio aos desconhecidos, abrindo mão de sua rotina, dedicando tempo,  doando dinheiro no socorro ao “próximo”).Continue reading

coração na mãoAmar, verbo que significa ter amor, afeição, estima, querer bem, estar apaixonado, enamorado. Também pode ser traduzido como respeitar, considerar, valorizar, pois assim aumenta-se a objetividade do verbo. E este é o grande desafio do Cristianismo: “Ama o teu próximo como a ti mesmo”.  Nisso há beleza, romantismo e ao mesmo tempo um imenso desafio – porque amar quem admiramos ou temos afinidade é fácil – difícil mesmo, é amar quem necessita, mas não merece nosso amor. Não merece porque já nos traiu, enganou, agrediu fisicamente, desmereceu emocionalmente, deixou de nos proteger, nos invadiu … “Esta lista poderia continuar infinitamente”. E é deste tipo de amor que Cristo fala, do amor fora de zona de conforto, amor expresso muito mais na ação do que no sentimento. Continue reading

(Livro de Elizabeth Gilbert)

Já em cartaz nos EUA protagonizado por Julia Roberts, logo estará no Brasil, em formato de filme, o livro – Comer, Rezar, Amar – onde a escritora divide com o público sua jornada emocional pela Itália, Índia e Indonésia. Curando as dores de um divórcio e de uma nova paixão, construída e desfeita numa relação simbiótica, ela se descobre numa fascinante viagem pelo interior de si mesma e se reinventa para voltar a amar. Continue reading