Você está vivendo apaixonadamente?

Que você está vivo, não tenho dúvida, senão não estaria lendo este artigo, mas será que está vivendo a energia da paixão em sua vida? Será que seu coração vibra com seu trabalho? Vibra por saber que chegará em casa? Vibra com as pessoas que fazem parte da sua vida?
Você é único aqui neste mundo e se você descobrir quais são os seus talentos, o que faz seu coração vibrar apaixonadamente, pode passar por esta vida com a certeza de que viveu plenamente.

Não vamos cair na ilusão de achar que viver apaixonadamente, é ausência de dor física ou emocional. A aventura da vida não nos permite controlar o caminho, mas nos possibilita caminhar por ele com a intenção de amar plenamente e viver apaixonadamente.

Minha vida tem sido uma aventura e tanto!

Morei um várias residências e cidades, o que me permitiu sorver muitas realidades.

Fui mãe aos 18 anos e ainda queria fazer uma faculdade, ser uma profissional, mas sem abrir mão da maternidade. Esta foi sem dúvida minha maior aventura, pois para isso precisei aprender a gerenciar meu tempo da maneira mais otimizada possível. O conceito de produtividade? Estudei fórmulas, apliquei na prática, fiz laboratório e selecionei os melhores métodos dando uma boa “pitada” de receita própria.

E a aventura continuou, pois os filhos cresceram, ganharam o mundo e me vi olhando para mim mesma, com um tempo livre que não tinha há muito tempo.
Este tempo para avaliar o tempo me fez resgatar paixões e empreender usando meus talentos com entusiasmo, ensinando para os outros aquilo em que acredito e pratico cotidianamente.

dica-da-tere-personal-organizer

Iniciando minha contagem rumo aos 50 anos de vida posso afirmar que vivi apaixonadamente, não economizei afeto e minha dedicação às pessoas e projetos sempre foram com muita intensidade.

E as dores? Sim, foram muitas as dores nesta aventura de viver plenamente e para não perder a paixão, precisei usar uma ferramenta que requer muita determinação, o perdão. Perdoar é um ato de mudança de ponto de vista, pois aceito que o outro não pode me dar aquilo que preciso e assim sigo minha vida.
Seguindo, vou me reinventando e apaixonadamente os movimentos da vida são intensos, produtivos e proporcionam uma grande aventura. Posso partilhar com você minha aventura atual nesta animação. Dê um click e inspire-se em busca da sua vida apaixonante!

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *